Cumpridas 28 jornadas da Liga, o Benfica soma mais golos marcados nos 14 jogos realizados fora de casa (30) do que nos restantes 14 no Estádio da Luz, onde a equipa de Jorge Jesus não foi além dos 24 tentos.

Desde 2008/09, com Quique Flores ao leme, que os encarnados não terminavam um campeonato com melhor registo goleador fora de portas do que em casa e Jorge Jesus começou por brincar com a situação depois de ouvir que essa foi a última época em que o Benfica não ocupou uma das duas primeira posições no final do campeonato. «Então não é bom sinal», disse a rir.

Esta estatística pouco habitual foi conseguida à boleia dos dez golos apontados nos últimos dois jogos enquanto visitante (Paços e Portimonense), mas Jorge Jesus analisou outras razões que podem ajudar a justificá-la.

«Nunca me debrucei sobre isso, mas de um momento para o outro é porque, se calhar, quando o Benfica joga fora os nossos adversários jogam com outra perspetiva de poder ganhar e não jogam tão fechados. Poderá ser isso. E quando jogam no Estádio da Luz, com adeptos ou não, as equipas trazem uma tática muito mais conservadora e fechada, mas isso faz parte das estratégias e não digo isso com sentido crítico», observou.