Jonas, jogador do Benfica, em declarações à comunicação social após o empate com o Ajax (1-1), em jogo da Liga dos Campeões no qual marcou:

«O resultado é um pouco injusto para o Benfica. Criámos mais oportunidades, lutámos mais. Não me lembro de nenhuma ocasião clara do Ajax, e no final ainda tivemos aquela bola do Gabriel. Foi um pecado não entrar. Isso mostra um pouco o nosso momento: lá perdemos nos descontos, e aqui não conseguimos vencer da mesma forma. Fico com a boa imagem que a equipa deu. Sabíamos que ia ser difícil, frente a um adversário que está bem na Champions. Mas vou para casa orgulhoso do que a equipa fez, tendo em conta o nosso momento, que não é tão bom.»

«Se jogarmos como hoje, temos tudo para vencer os próximos jogos. Sabemos que o momento não é bom, e não é fácil gerir as derrotas que sofremos, mas temos experiência e vamos dar um passo em frente nos próximos jogos.»

[sobre a contestação dos adeptos] «Sabemos que o momento não é bom. Nos outros anos também passámos por momentos difíceis, mas temos de ir atrás dos resultados. Se calhar o adepto não pede que a equipa jogue tão bem, mas que vença. Saímos daqui com o pensamento que podemos dar a volta nos próximos jogos.»

[sobre as contas do grupo] «Esta competição está difícil, não vamos enganar ninguém. O objetivo era passar aos oitavos, e faltam dois jogos, tudo pode acontecer, mas podemos também dar continuidade na Liga Europa, prova em que podemos sonhar em chegar mais à frente. Mas agora faltam dois jogos e no fim fazemos as contas.»

Nuno Travassos / Estádio da Luz, Lisboa