Rúben Dias declarou que o facto de ir defrontar o Lyon, nesta quarta-feira, depois de ter sido associado a uma transferência para o clube francês não vai ter qualquer influência.

«Diria que não, porque o meu nome foi associado ao Lyon como a muitos outros. Sempre estive tranquilo e com a cabeça onde tinha de estar e onde tenho de estar, que é no Benfica», respondeu o central, na antevisão do jogo da Liga dos Campeões.

Questionado sobre o facto de a defesa estar a sofrer golos na Champions, Rúben Dias respondeu: «Vou pegar na sua pergunta porque nunca avaliamos a equipa assim, avaliamos como um todo. Os resultados não têm sido os melhores, temos noção disso, mas queremos melhorar e vencer e corresponder à dimensão do clube. É uma competição em que queremos estar.»

Colocado perante declarações de Luisão sobre o crescimento dentro da equipa, o internacional português acredita «que as coisas decorrem num processo natural», mas que «o foco é no dia a dia, em querer ser melhor» pois tem «muita coisa para melhorar» de modo a chegar ao topo.

«O foco está ainda mais em ganhar como equipa, pois só isso nos permite catapultar para outros níveis como jogadores. A resposta está simplesmente em ganhar», sublinhou.

Ora, perante o cenário na Liga dos Campeões - duas derrotas, zero pontos - o defesa das águias afirmou que a equipa tem de «assumir o panomara» vigente. «O que há e o que queremos. Essa é a resposta para onde vamos. Queremos muito ganhar  vamos fazer por isso», concluiu,.

 
David Marques / Estádio da Luz