Mais do que olhar só para os resultados, devem analisar-se as exibições. Essa foi a principal ideia de Rui Vitória, quando confrontado com o ciclo que o Benfica atravessa. 

«Todos temos essa noção e consciência. Mas é preciso olharmos, fundamentalmente, para o que foi este jogo e temos de perceber que tipo de equipa íamos ter hoje. E aquilo que tivemos foi uma equipa de grande coragem, que não se escondeu, que lutou e trabalhou e teve sempre rigor e concentração. Do ponto de vista dos resultados, são quatro jogos sem ganhar e não gostamos disso, mas há aspetos negativos.»

«Como se dá a volta? Primeiro temos de ter a racionalidade de perceber que uma coisa são os resultados, outra é a exibição. E há indicadores que mostram que os jogadores querem e estão à procura da melhor solução. E depois temos de chegar à conclusão que as competências não se perdem por momentos ou circunstâncias- Quando elas existem, existem. Há fases que são menos boas, mas elas estão cá e vão aparecer.»

Adérito Esteves / Estádio da Luz, em Lisboa