Pedro Martins, treinador do Olympiakos, em declarações na sala de imprensa do estádio do Dragão, após a derrota por 2-0 frente ao FC Porto, em jogo da segunda jornada do grupo C da Liga dos Campeões:

«A este nível não podemos cometer erros. Trabalhámos para não cometer esses erros no início do jogo. Sabíamos que o FC Porto ia tentar condicionar o nosso jogo nos primeiros 15/20 minutos. Não seguimos à risca o plano que traçámos. Fomos crescendo no jogo e acabámos bem a primeira parte. Encostámos o FC Porto nos últimos dez minutos da primeira parte. 

Na segunda parte foi mais do mesmo. A partir dos 70 minutos, tentei dar mais frescura porque havia algum desgaste. Refresquei os corredores porque o FC Porto também estava com dificuldades e jogava num bloco baixo. As substituições não resultaram, mas foi um jogo bem conseguido. A noite acaba por ser negativa porque não pontuámos. Pelo que produzimos, podíamos ter conquistado pontos.»

«Nos momentos em que tivemos as nossas oportunidades não fomos eficientes. Cometemos um erro que deu um golo. O FC Porto começou a estar confortável e a defender bem num bloco baixo. Jogámos dentro do bloco adversário em muitos momentos, mas não fomos eficientes e a equipa perdeu a paciência. Alterámos no intuito de melhorar, mas acabou por não acontecer.»

Vítor Maia / Estádio do Dragão, Porto