Nos últimos dois jogos, em casa diante do Belenenses, e na Croácia, na primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa diante do Dín. Zagreb, o Benfica fez apenas dois remates enquadrados com a baliza do adversário em cada uma das partidas, segundo os dados recolhidos pela Sofascore para o Maisfutebol.

Ora, confrontado com essa estatística, o treinador do Benfica, Bruno Lage, contou pelo menos mais um remate de Grimaldo na partida com o Belenenses, mas desvalorizou esses dados, repondendo com uma referência a... frango assado.

«O mais importante são as oportunidades criadas. Os dados estatísticos têm pouca importância. Eu gosto de olhar é para o que fazemos de positivo. Temos várias oportunidades de chutar e isso é que é importante. Não circulamos por circular, fazemos essa circulação para criar espaços. E o mais importante é que criamos oportunidades», declarou, antes da curiosa alusão.

«Citando o Carlos Carvalhal, se formos os dois comer um frango assado e eu o comer inteiro, estatisticamente comemos meio frango cada um», retorquiu, bem-humorado, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Dín. Zagreb, da segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa.