FIGURA: Gelson Dala
Uma seta apontada à baliza do Moreirense, com um ar sempre ameaçador e a deixar vincado que a qualquer momento pode mexer com o jogo. Foi assim em Moreira de Cónegos, repentino pelo corredor central iludindo a marcação com fugas constantes para os corredores. A sua mobilidade esteve ao serviço do coletivo no apoio ao ponta de lança, acabando por definir o jogo a meio da segunda parte. Só teve que encostar, mas fê-lo com competência apontando o sétimo golo da época com a camisola do Rio Ave.  

MOMENTO: golo de Nuno Santos (19m)
Não decidiu o jogo, mas foi um lance daqueles que pode ser considerado um hino ao futebol. Propaganda pura para o desporto rei. Mérito para Fábio Coentrão a colocar longo com o pé esquerdo, para as costas da defesa do Moreirense, Nuno Santos fez depois o resto. Remate de primeira sem deixar o esférico embater no relvado, um toque subtil, a desviar por cima de Trigueira. Grande lance, belo golo.

OUTROS DESTAQUES

Nuno Santos
Um autêntico reforço para a reta final do Rio Ave. Depois de regressar de lesão já apontou três golos em quatro jogos. Deixou sair o génio técnico que há em si no golo inaugural do encontro. Foi sempre perigoso quando a bola chegou aos seus pés.

Arsénio
Não deslumbrou, mas rubricou uma exibição muito competente. Fez por ser sempre uma opção viável no lado direito do Moreirense, combinando várias vezes de forma prática e produtiva com João Aurélio.

Gabrielzinho
Em constantes movimentações, o brasileiro tentou remar contra a maré e provocar desequilíbrios. Rapidíssimo, conseguiu romper várias vezes em velocidade, mas quase sempre para zonas em que era difícil criar perigo.

Fábio Pacheco e Neto
Não foi por causa da dupla que o Moreirense não consegui vencer. A dupla lutou muito, equilibrou a equipa de Ivo Vieira e deu estabilidade ao coletivo. Daí para a frente faltou critério e a audácia que sobrou noutros jogos.

Léo Jardim
Segurou o triunfo na reta final do jogo com defesas convictas e capazes. Esteve bem em todos os capítulos, quer entre os postes quer a encurtar o ângulo. Fez três defesas de bom nível.