Figura: Hervé Koffi

O guarda-redes de 22 anos que está no Belenenses por empréstimo do Lille teve uma estreia em grande, sendo decisivo para manter a sua baliza inviolável. Logo aos 3 minutos já estava a safar com uma defesa apertada um remate de Paulinho, com o momento alto aos 61 minutos a evitar com reflexos impressionantes que Iury Castilho alvejasse com êxito.

Momento: Willyan evita golo de Licá, minuto 87

Ramírez cruzou na direita, Ricardo Ferreira falhou, tal como Kikas e Licá, que não conseguiram desviar, talvez surpreendidos pelo falhanço do guarda-redes. Ljujic voltou a colocar na área e Licá rematou, valendo ao Portimonense Willyan Rocha a cortar a bola, que ia com a direção certa.

LEIA AINDA A CRÓNICA DO ENCONTRO

Outros destaques

Iury Castilho

O brasileiro jogou entre os centrais do Belenenses e esteve nas situações mais perigosas da equipa algarvia: aos 61 cabeceou com intencionalidade e Koffi evitou o golo com grande defesa e aos 78, também com a cabeça, fez a bola passar perto da base do poste direito da baliza dos lisboetas. Em ambas as jogadas com um denominador comum nas assistências: Koki Anzai.

Willyan Rocha

Decisivo a evitar o golo do Belenenses aos 87 minutos a remate de Licá, revelando atenção e bom sentido posicional, epíteto que voltou a sobressair no minuto seguinte, quando intercetou de forma acrobática um cruzamento que deixava Kikas bem posicionado para visar a baliza.

Koki Anzai

O lateral japonês voltou a destacar-se pelo apoio que dá ao ataque, combinando muito bem com Tabata. Cruza bem e será muito útil nesse capítulo. A defender também conhece bem os terrenos que pisa.

Jorge Anjinho / Estádio Municipal de Portimão, Portimão