FIGURA: Bracali (Boavista)

 Boa exibição do guarda-redes dos axadrezados. Assumiu protagonismo quando a equipa mais precisava. Logo após a expulsão de Sauer, o Gil Vicente carregou e Bracali deu segurança e confiança à equipa. Com um par de boas defesas, impediu que os de Barcelos saíssem vencedores deste encontro.

MOMENTO DO JOGO: Expulsão de Sauer

Canto a favor do Boavista e o perigo rondava a baliza gilista. No entanto, Sandro Lima recuperou o esférico e saiu rápido no contra-ataque. Entrou no meio de terreno axadrezado e isolou Erick, que acaba puxado na camisola por Sauer. Fábio Veríssimo não teve dúvidas e expulsou o brasileiro, deixando os boavisteiros com dez. A partir daqui os de Barcelos começaram a ter maior ascendente, obrigando os visitantes a jogar de outra forma.

OUTROS DESTAQUES

Erick (Gil Vicente): Bom regresso à titularidade do extremo emprestado pelo SC Braga. Dos pés dele saíram as principais jogadas de perigo do primeiro tempo. Esteve perto de marcar por duas vezes, mas o esférico desviou sempre num defesa boavisteiro.

Arthur: (Gil Vicente): Não tem sido aposta de Vítor Oliveira sempre que os gilistas defrontam os grandes. Porém, o lateral esquerdo mostrou, uma vez mais, que, para além de atacar com qualidade, também sabe defender, apesar do físico franzino. Arthur entendeu-se às mil maravilhas com Erick, crinado muitos desequilíbrios.

Ackah (Boavista): Foi o tampão do meio campo axadrezado. Muito agressivo a defender, o ganês valeu por dois numa altura em que a equipa estava a jogar em inferioridade numérica. O médio parece ter energia inesgotável, mostrando grande disponibilidade durante todo o jogo.

Nuno Dantas