A FIGURA: Jovane Cabral

Quatro golos nos últimos três jogos. O cabo-verdiano é o homem do momento no Sporting e hoje precisou de apenas 45 minutos em campo para fazer o seu primeiro bis com a camisola da equipa principal. Se contra Paços e Tondela, Jovane resolveu de livre, hoje a bomba foi da marca dos onze metros, na repetição de um penálti em cima do intervalo. Antes disso, melhor ainda: fez o segundo num pontapé acrobático. Pé quente, sem dúvida. Mas também uma nota de preocupação, já que o extremo saiu ao intervalo com problemas musculares, substituído por Francisco Geraldes.

--

O MOMENTO: 2-1 à karaté kid

Jovane ou Kareté Kid? O lance do 2-1 do Sporting parece uma cena do filme Shaolin Soccer com o cabo-verdiano no papel de protagonista. Borja tocou para Ristovski e o macedónio cruzou para o coração da área, onde Jovane apareceu em grande estilo a finalizar num pontapé acrobático. Estava feita a primeira reviravolta da era Amorim, que seria cimentada ainda antes do intervalo numa grande penalidade do extremo cabo-verdiano. Sim, foi mais uma vez a Cabral partir à descoberta do pódio.

--

OUTROS DESTAQUES:

Licá

O avançado ex-FC Porto é a grande referência no ataque deste Belenenses e hoje voltou a mostrar porquê. Logo aos 9m finalizou com qualidade, de primeira, fazendo o sétimo golo na Liga. Ainda na primeira parte, voltou a fazer balançar as redes, mas o lance foi (bem) anulado por fora de jogo. Foi o maior perigo para a baliza leonina até ser substituído aos 68m.

--

Wendel

O médio brasileiro faz girar o meio-campo leonino. A recuperar ou nas transições ofensivas, mostra-se um jogador cada vez mais influente. Faltou-lhe, ainda assim, arriscar um pouco mais no passe

Coates

Já não há Mathieu, mas ainda há Coates. Com uma defesa muito jovem, à imagem do resto da equipa, este Sporting precisa com pão para a boca da experiência do central uruguaio. Esta tarde, começou na sua cabeça a reviravolta. E quase bisou num lance semelhante, na segunda parte.

Francisco Geraldes

Entrou ao intervalo para o lugar de Jovane Cabral, figura da partida e do momento neste Sporting, e fez uma excelente segunda parte. Tentou, uma e outra vez, visar a baliza de Koffi com uma mão cheia de remates.

Sérgio Pires