FIGURA: Al Musrati
Foi uma das apostas de Carlos Carvalhal para refrescar o meio campo na última meia hora e resolveu o jogo. Depois de ter feito o gosto ao pé frente ao Leicester, o médio líbio que acompanhou o técnico na mudança de Vila do Conde para o Minho Al Musrati fez o golo que deu os três pontos ao Sp. Braga a três minutos dos noventa. Aproveitou uma bola que ficou à mercê após uma série de tentativas de remate para atirar a contar.

MOMENTO: golo do Sp. Braga (87m)
Apertou o cerco o Sp. Braga, jogava quase que exclusivamente junto à área algarvia e quando pairava o espectro do empate o médio aproveitou um corte da defensiva do Farense para o seu raio de ação e encheu o pé, atirando para o fundo das redes. Um remate que valeu três pontos.

OUTROS DESTAQUES

Amine
Um dos elementos do duplo pivô do meio campo algarvio, foi mais discreto com bola do que Filipe Melo, mas destacou-se num trabalho importantíssimo de equilíbrios e de gestão de espaço. Com a bola não comprometeu.

Iuri Medeiros
Dos mais fantasistas do Sp. Braga com a bola nos pés, o esquerdino tem estado em destaque na equipa de Carlos Carvalhal. Esta noite não foi diferente. Atirou ao poste num dos lances mais perigosos do jogo.

Rafael Defendi
Não complicou e resolveu sempre os lances em que foi chamado a intervir sem qualquer margem para dúvida ou erro. Não teve, propriamente, uma noite de muito trabalho, mas ainda assim revelou segurança. Nada pôde fazer no golo sofrido.

Galeno
Tentou fazer a diferença pelo lado esquerdo, ganhando vários duelos individuais e conseguindo conquistar espaço com a sua velocidade. Conseguiu, em parte, causar desequilíbrios, faltou dar melhor seguimento.  

Bruno José Ferreira / Estádio Municipal de Braga