Pedro Emanuel, treinador do Arouca, em declarações aos jornalistas após a vitória por 1-0 ao Rio Ave:
 
«É uma vitória inteiramente justa por tudo aquilo que fizemos durante o jogo. Sabíamos que íamos ter um adversário da Europa, que luta pela Europa, mas que está num momento delicado».
 
«A estratégia era não deixar jogar o Rio Ave. Tivemos uma boa primeira parte. Na segunda, em resultado do estado anímico, faltou-nos, em alguns momentos, mais discernimento».
 
«A nossa forma de jogar é no limite e foi isso que aconteceu hoje perante um adversário que não podia jogar e que nós não deixámos jogar. Estamos a tornar-nos fortes naquilo que pretendemos».
 
[Sobre a expulsão de Del Valle] «Na minha opinião, o árbitro decidiu bem. O jogador do Rio Ave quis matar a jogada, penso que com um pouco de impetuosidade a mais. O Rio Ave cresceu na segunda parte. Foi à procura do resultado porque era aquilo que lhe competia. Mas eu também não me esqueço que, na primeira volta, com dez, ganhámos em Vila do Conde. O futebol é assim».
Sara Marques