Declarações de Jorge Jesus, treinador do Benfica, na sala de imprensa do Estádio do Vizela, após um triunfo (0-1) sobre o Vizela, um triunfo alcançado no último minuto:

[Vitória importante depois dos últimos resultados?] «As vitórias é que dão moral às equipas e nós vínhamos de treze ou catorze jogos sem perder e quando não se esperava perdemos em casa com o Portimonense. Hoje era importante ganhar para voltar à liderança, e estas vitórias, quando ganhas no último minuto, moralizam. Esta vitória foi um dois em um. A equipa do Benfica foi sempre consciente do perigo quando não tinha bola. Estivemos todo o jogo em ataque posicional. Como sabem o ataque posicional é o momento mais difícil do futebol».

[Melhor o resultado que a exibição?] «É verdade que este jogo é melhor o resultado, porque ganhámos no último minuto. No jogo com o Bayern de Munique eu, como treinador, não estava à espera de perder aquele jogo, quando sofres aos setenta minutos, quanto mais ser goleado. O futebol tem vários momentos do jogo, não é uma ciência. Este resultado foi melhor do que o jogo em si, porque o Benfica não foi uma equipa consistente durante os noventa minutos. Teve um prémio pela qualidade dos seus jogadores, porque aquele cruzamento passe do Pizzi não são todos os jogadores que o fazem».

Bruno José Ferreira / Estádio do FC Vizela