Caio Lucas recorreu às redes sociais para se despedir do Al Ain, clube dos Emirados Árabes Unidos que representou nas últimas três temporadas.

«Saio do Al Ain após viver os meus melhores momentos no futebol. Foram três anos incríveis em que vivi altos e baixos, mas saio de cabeça erguida, com o sentimento de gratidão estampado em meu rosto», agradeceu o extremo brasileiro, que marcou 48 golos em 120 jogos pelo emblema árabe.

Anunciado como reforço do Benfica, assinou contrato até 2024 no mercado de inverno, Caio Lucas, de 25 anos e formado no São Paulo, cumpriu o resto da época no Al Ain, formação em que conquistou uma Liga e uma Taça.

«Fui muito feliz aqui e agradeço a todos pelo reconhecimento. São mais de 100 jogos, muitos golos, assistências e dois títulos com este clube. Além disso, foi graças ao Al Ain que tive um dos melhores momentos da minha vida: o Mundial de Clubes da FIFA», despediu-se o futebolista brasileiro, que vai integrar o plantel do clube da Luz a partir de 1 de julho, data agendada para o regresso dos encarnados ao trabalho.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

It's hard to say goodbye when you have such great affection for something or someone. I leave Al Ain after living my best moments in football. It was an incredible three years for me, my wife and my friends and family. We really like the city, the people who live here and of course, the club. During these three years, I have lived up and down, but I leave with my head held high, with the feeling of gratitude on my face. I was very happy here and thank you all for the recognition.  There are more than 100 games, many goals and assists and two titles with this club. In addition, it was thanks to Al Ain that I had one of the best moments of my life: the FIFA Club World Cup. Thank you, Al Ain. Thank you all! See you soon. A big hug for the fans, teammates and club staff. Thank you! ❤️🙏🏿

A post shared by Caio Lucas Fernandes (@7caiolucas) on