O Santa Clara está a analisar quais as medidas a adotar relativamente ao jogador Allano, que teve um controlo antidoping positivo.

O atleta brasileiro acusou canabinoides num controlo realizado por ocasião do jogo com o Vizela, disputado a 2 de outubro, naquele que foi o último jogo da equipa açoriana com Daniel Ramos no banco.

Allano fez cinco jogos entretanto (três da Liga, um da Taça de Portugal e um da Taça da Liga), mas entretanto surgiu a informação do controlo antidoping positivo.

Em nota de imprensa divulgada nesta quarta-feira, o Santa Clara esclareceu que não havia decisão definitiva relativamente ao caso.

«A Santa Clara Açores – Futebol S.A.D. que está a acompanhar o assunto de perto em articulação com o departamento médico, jurídico e o próprio atleta», acrescenta a nota.

O emblema açoriano analisa agora quais as consequências deste controlo antidoping positivo, e não está descartada uma rescisão de contrato com Allano.

Nuno Travassos