Manuel Machado, treinador do Moreirense, na sala de imprensa do Municipal Eng.º Branco Teixeira, após a derrota por 3-0 frente ao Desp. Chaves, para a 6ª jornada da Liga.

«Quando se perde 3-0, há que dar os parabéns ao adversário e não estar com muitas justificações. O que tínhamos como plano para o jogo não teve resultado. Era importantíssimo marcar primeiro, mas foi o adversário que o fez e isso colocou o mundo ao contrário.

Fizemos um controlo relativamente bom no primeiro tempo, consentimos uma bola no poste, que foi o momento mais perigoso do Desportivo. Há o momento da grande penalidade, em que disse ao arbitro que é grande penalidade, e acaba por tomar a decisão certa. O vídeo-árbitro hoje não foi nosso amigo e espero que haja uma utilização coerente no futuro.

Procurámos dar a bola ao adversário, jogar no contra-ataque, e o penalti é determinante para o desfecho do jogo. Após esperar 15 minutos na segunda parte, tentei jogar com médios mais criativos, ao contrário dos médios recuperadores que estavam em jogo. Perdemos duas vezes a bola e aquilo que queríamos fazer, fez o Desportivo, em dois contra-ataques rápidos. Não vi o meu guarda-redes fazer nenhuma defesa difícil, e o Ricardo também não fez, a não ser num remate distante, e depois tivemos uma bola na barra.»

Diogo Caldas