SIGA O DESP. AVES-BELENENSES A PARTIR DAS 20H30

MOMENTO

Desp. Aves: atingir os 36 pontos é a meta proposta por Augusto Inácio para manter os avenses entre os grandes do futebol português. O triunfo inédito em Guimarães na última jornada (0-2) deixa o Aves a três pontos desse objetivo e constitui uma motivação extra para o embate com o Belenenses. Antes de vencer o Vitória, o conjunto avense foi derrotado em casa pelo Sporting (1-3). A quatro jornadas do fim do campeonato o Aves tem cinco pontos de margem para a linha de água.

 Belenenses: sem qualquer triunfo nas últimas seis jornadas, o conjunto orientado por Silas deixou cair por terra as aspirações de lutar pelo quinto lugar. Derrotado em casa pelo Rio Ave (1-3) na última jornada, o Belenenses soma quatro empates e duas derrotas nos últimos seis jogos. Com um ponto de vantagem para o oitavo classificado, e cinco de atraso para o sexto, a reta final de campeonato não apresenta grandes aliciantes a um Belenenses tranquilo.

INDISPONÍVEIS

Des. Aves: todos disponíveis.

Belenenses: Gonçalo Silva, Nuno Coelho, Sasso, Tiago Caeiro, Kikas, Henrique Almeida e Nico Velez (lesionados) e Zakarya (castigado).

DISCURSO DIRETO

Augusto Inácio (Desp. Aves): «Vai ser um jogo duro para nós, pela classificação que temos, mas vimos motivados pela vitória e bom jogo que realizámos em Guimarães. Temos de ser inteligentes, mantendo o rigor tático e a disciplina. Temos 33 pontos, mas isto é como matar o porco, em que o mais difícil é, depois, esfolar o rabo. Com 36 pontos diria duas coisas: ficaríamos com maior tranquilidade em relação ao futuro e melhorávamos a melhor pontuação do Aves na I Liga».

Silas (Belenenses): «Em termos de opções estamos limitados, mas jogaremos com 11. Estamos limitados só a nível de números, não ao nível da qualidade. Temos conseguido arranjar soluções e acredito que vamos arranjar soluções para os jogos que faltam, mesmo não contando com os jogadores que não nos podem ajudar. Vamos passar por muitas dificuldades, até porque o adversário está no melhor momento da época e, possivelmente, com mais uma vitória garante a manutenção».

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Desp. Aves e Belenenses já mediram forças por dez vezes em casa do emblema avense. Vantagem para o Aves, que soma seis triunfos contra apenas dois do Belenenses, registando-se ainda dois empates. Na época passada o Desp. Aves derrotou o Belenenses (2-1) com golos de Salvador Agra e Ryan Gauld depois de ter estado em desvantagem. Da primeira volta sobra um resultado robusto: o Belenenses venceu por cinco bolas a duas.

ONZES PROVÁVEIS

Desp. Aves

Belenenses