FIGURA: Pizzi
Um golo e uma assistência a fazer a diferença na Vila das Aves. O médio fez o gosto ao pé e saiu do relvado como o rei dos goleadores na Liga, ultrapassando Paulinho do Sp. Braga e o colega de equipa Carlos Vinícius quando falta disputar uma jornada. Logo aos quatro minutos isolou Rafa no lance em que o Benfica se adiantou no marcador e na segunda parte marcou na transformação de uma grande penalidade. Depois disso ainda desperdiçou duas grandes oportunidades, ficando-se pelo 18.º golo na presente edição da Liga.

MENÇÃO HONROSA: Gonçalo Ramos
Estreia promissora do jovem avançado do Benfica, que apenas um minuto depois de se estrear na Liga estreou-se igualmente a marcar e ainda foi a tempo de bisar. Uma estreia apenas na Liga, uma vez que esta época soma golos pelos juniores, pelos sub-23 e pela equipa B. Ou seja, marcou na quinta competição esta época. É obra. Não precisou de muitas oportunidades para bisar. Estreia de sonho, mesmo tendo entrado a apenas cinco minutos dos noventa.

MOMENTO: golo de Rafa (4’)
Passe açucarado de Pizzi para as costas da defesa, a isolar Rafa na cara de Sheytanov. Sozinho e com tempo para tudo, Rafa fez o golo sem dificuldades, desnivelando o marcador desde logo num jogo já de si desnivelado.

POSITIVO: Aves em campo
Dadas as circunstâncias, com a realização do jogo a estar em causa e os jogadores a deslocarem-se para o estádio pelos seus próprios meios, sendo inclusive necessária a presença de um juiz e da GNR para abrir certas zonas do estádio, o facto de o Desportivo das Aves entrar em campo esta noite já pode ser considerada uma pequena vitória. De assinalar o profissionalismo dos profissionais do Desportivo das Aves.

OUTROS DESTAQUES

Zidane Banjaqui
Parecia alheio a tudo o que está a acontecer na Vila das Aves. Desenvolto, o jovem médio de 21 anos progrediu no terreno com a bola e ainda obrigou Svilar a fazer uma defesa apertada na primeira parte.

Rafa
Adiantou o Benfica no marcador logo aos quatro minutos, não revelando dificuldades para bater o guarda-redes adversário. Exibição com muita entrega.

Diakhite
Um bombeiro na defesa montada por Nuno Manta Santos, o central resolveu vários problemas no último reduto avense. Fez-se valer da sua experiência para suster os períodos de maior acutilância do Benfica.

Florentino
Não era titular há vários meses. Depois de regressar à competição frente ao V. Guimarães na última jornada, o médio esteve a bom nível esta noite. Distribuiu bem o jogo.

Bruno José Ferreira / Vila das Aves