A contestação à equipa do Desp. Aves subiu de tom no Estádio do Desportivo das Aves na tarde deste sábado após a derrota frente ao Tondela (0-1) em jogo antecipado da 9.ª jornada da Liga. Chegaram a viver-se momentos de tensão à saída dos jogadores avenses.

Quando Augusto Inácio fazia o rescaldo do jogo em conferência de imprensa começaram a ouvir-se vários insultos no exterior. Alguns jogadores tentavam abandonar o recinto mas foram intercetados pelos adeptos, que se travaram de razões pelos maus resultados.

Miguel Tavares foi o elemento que passou o momento mais aflitivo, ao ser cercado por adeptos que chegaram mesmo a abrir a porta da viatura em que seguia. Apenas a pronta intervenção da Guarda Nacional Republicana (GNR) evitou o pior.

Aquela força de segurança montou depois um forte perímetro de segurança, encurralando os adeptos longe da saída do estádio.