Declarações do treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, na sala de imprensa do Estádio Capital do Móvel, após a derrota por 2-0 ante o Paços de Ferreira, em jogo da oitava jornada da I Liga:

«Falhou muita coisa. Nós sabíamos que íamos encontrar uma equipa muito competente, organizada, com capacidade individual e coletiva, um excelente treinador. Sabíamos que a tarefa ia ser extremamente complicada. Para disputarmos os três pontos, tínhamos de ser competentes e não fomos. Tecnicamente, ter a capacidade de, em dados momentos, criar desequilíbrios.»

«Demasiados passes falhados, receções falhadas, nada resultou. Além disso, a nossa agressividade teria de ser outra e nunca fomos agressivos. E quando falta agressividade, não digo fazer faltas, nada disso. Tínhamos de ser agressivos com e sem bola, nos duelos individuais e não fomos nada disto. Quando não somos, torna-se complicado em qualquer campo para trazer um resultado positivo. Perdemos bem e temos noção e temos de ter coragem de perceber que temos de mudar rapidamente e voltar a ser o que já fomos. De outra forma, vamos ter sérios problemas.»

«Na primeira parte não conseguimos chegar ao último terço com o mínimo de qualidade. Na segunda parte fomos chegando, mas não como queremos e fomo-nos sentindo desconfortáveis. Até em termos emocionais não estávamos bem. Na primeira parte, fomos demasiado frágeis em todos os aspetos. Na segunda parte, tentámos, mas era tudo tão débil que não conseguimos e temos responsabilidade. Iniciámos a construção com alguma qualidade. O Paços, em vantagem, foi dando algum espaço e fomos construindo, mas quando chegávamos a outras linhas tornava-se muito complicado. Até pode dar ideia que na segunda parte tivemos algum controlo e domínio, mas sinceramente nem concordo. O Paços dominou sempre o jogo. Faltou muita coisa para sermos competitivos e disputar o jogo e o resultado.»

Da covid-19 à lesão: os motivos das ausências de Diogo Queirós, Vaná e Rúben Lameiras em Paços

Ricardo Jorge Castro / Estádio Capital do Móvel, Paços de Ferreira