Durante a conferência de imprensa de antevisão à visita a Portimão, Sérgio Conceição foi convidado a comentar as três mudanças de treinadores ao Liga ao cabo de quatro jornadas.

As primeiras palavras do técnico dos dragões foram dirigidas... a Jorge Nuno Pinto da Costa. «Primeiro quero agradecer ao meu presidente ainda não me ter mandado embora», disse, entre risos antes de desenvolver o raciocínio.

«Não gosto de ver colegas com tão pouco tempo de trabalho a saírem. Estou a falar desta época, visto que o Silas já estava há mais tempo. Quando um treinador entra, tem a mania de falar no projeto. O projeto são os resultados. Caso não existam resultados, poucos treinadores sobrevivem, infelizmente. Alguém tem de pagar a factura e normalmente é paga pelo treinador.»

O FC Porto defronta este domingo, às 18h00, o Portimonense, no Algarve. 

FC Porto: Zé Luís junta-se às dúvidas para Portimão

Vítor Maia / Centro de estágios do Olival, Vila Nova de Gaia