Zé Luís anotou um golo absolutamente sensacional frente ao P. Ferreira. A obra de arte do avançado internacional por Cabo Verde mereceu elogios de Conceição no rescaldo da partida.

«Acho que ao vivo é mais emotivo, mais apaixonante. Estava longe no banco, mas foi como se os meus olhos estivessem perto do gesto que ele fez. Foi um golo verdadeiramente fantástico de um jogador que nos tem ajudado assim como os outros têm», disse o treinador do FC Porto.

O técnico portista mostrou-se ainda satisfeito por ter cinco avançados à disposição.

«É uma desvantagem para quem não percebe de futebol ou não gosta. Ainda podermos incluir mais um jogador como o Díaz que pode jogar como segundo avançado. É fantástico. Temos responsabilidade de continuar nas provas todas para todos ficarem contentes», atirou, num tom irónico.

Por último, Conceição abordou a exibição de Loum. O médio senegalês estreou-se a marcar ao quarto jogo como titular esta época, porém, o treinador portista fez questão de lembrar que este ainda tem muito para aprender.

«Ponto rebuçado? Ainda falta, ainda falta. Vou dar um exemplo. Na primeira parte houve situações em que se ele tivesse ocupado o espaço de forma diferente no início de construção, teria sido ainda mais eficaz com bola. Tem ainda de perceber quando deve variar o jogo mais curto ou de uma forma mais direta. Faz parte do seu crescimento. Ele tem muita vontade de aprender e isso é fantástico», disse.


 

Vítor Maia / Estádio do Dragão, Porto