Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, em declarações após a vitória dos dragões frente ao Marítimo, na Madeira (1-2):

«Jogámos contra um Marítimo extremamente bem organizado, baixo no campo e com uma solidez defensiva muito interessante, digo isto sempre que venho à Madeira e jogo com o Marítimo porque tem individualidades bastante interessantes em todos os setores. É uma equipa sempre difícil de defrontar.»

<i>Sobre a primeira parte:</i> «Na primeira parte tivemos mais bola e isso não foi sinónimo de criar muitíssimas ocasiões pela boa organização defensiva do Marítimo, é verdade que conseguimos fazer um golo e depois sofrer um golo algo caricato até porque naquele momento o Zaidu estava só e deu canto.»

<i>Sobre as substituições:</i> «Depois de sofrer, quisemos ir à procura, tivemos uma bola no poste, não conseguimos fazer o segundo golo no final da primeira parte. Tirar referências à linha defensiva era importante e foi isso que eu tentei fazer, metendo o Francisco na direita e puxando o Corona para jogar num espaço diferente daquele que o Marega estava a jogar. Depois também dando outro critério com o Otávio, não é que o Sérgio Oliveira não o tenha, mas hoje a qualidade de passe habitual do Sérgio não estava a sair como normalmente sai.»

Raul Caires