Frederico Varandas pode voltar a dedicar-se a cem por cento à direção do Sporting, depois de terminado o Estado de Emergência que destacou o presidente do Sporting, como voluntário, para o Hospital Militar de Belém.

Uma comissão de seis meses para o apoio aos doentes com covid-19 que chega agora ao fim, com Frederico Varandas a dar conta, numa publicação nas redes sociais, de uma sensação de dever cumprido. «Feito», escreveu numa mensagem de agradecimento dirigida aos colaboradores mais próximos.

«Hospital Militar de Belém (CAM- Centro Apoio Militar Covid19). 6 meses, mais de 30h por semana. Feito 🇵🇹. A todos os camaradas militares e a todo o pessoal civil com quem trabalhei...o meu obrigado», escreveu o presidente dos leões.