Declarações do treinador do Moreirense, Vasco Seabra, na sala de imprensa do Parque Comendador Joaquim de Almeida Freitas, após a vitória por 3-0 ante o Famalicão, em jogo da 34.ª e última jornada da I Liga:

«Terminamos bem, penso que não foi só este jogo. Os últimos três foram sinónimo do crescimento e da estabilização da equipa, do critério com bola, da capacidade de pressionar e estar mais estável defensivamente. Culminámos com uma exibição consistente, que premeia e honra a época excelente que fizemos. Um grupo de jogadores incrível, que se tornou uma família. Penso que só desta forma era possível chegarmos aos 43 pontos, numa época atribulada com três treinadores, muitos processos novos, variações no que é pedido. Só com jogadores desta qualidade humana se consegue o que se conseguiu. Parabéns os jogadores, penso que a vitória e a exibição assentam numa época muito boa para o Moreirense.»

[Acabar com a sua primeira vitória em casa pelo Moreirense:] «Ganhar é sempre fantástico, fora, em casa, ou pelo caminho é o nosso desafio. Terminarmos a ganhar em casa é importante, sendo que em casa também só tivemos duas derrotas [ndr: consigo no comando técnico, além de oito empates]. É um facto que não ganhamos em casa, mas era difícil ganharem-nos. Desde que chegámos, 22 jogos, 30 pontos, é uma média pontual interessante para nós e para o clube.»

[Jogadores com capacidade para dar o salto:] «É sempre motivo de orgulho para um treinador ver isso. Um dos propósitos enquanto treinadores, é conseguirmos uma proposta de jogo que permita que a equipa seja consistente com e sem bola, mas que permita valorizar os ativos do clube, para que o clube possa ter dimensão para crescer e ter capacidade para que os jogadores possam chegar a patamares mais altos. Temos jogadores que fizeram uma época fantástica. O Pasinato fez uma época fantástica, o Kewin e o Miguel Oliveira entraram bem. O Ferraresi, que é um jovem, fez uma época boa, o Rosic fez uma época boa. O Yan, o Pires, o Walterson, o Rafael [Martins] muito bem, o André terminou bem, o Filipe Soares fez uma época extraordinária, o Ibrahima terminou bem, o Franco cresceu muito, o Abdu Conté fez uma época extraordinária. Podia individualizar, será sempre injusto. A equipa tornou capaz que muito jogadores se valorizassem. Eles merecem chegar a patamares mais altos, porque tem condições para isso.»

[Futuro:] «Tenho contrato, no futebol nunca sabemos, mas tenho contrato, fizemos uma época boa. Neste momento, com a quantidade de jogos que tínhamos, o clube estava a preparar as situações da próxima época, mas só agora vamos sentar, conversar e prepara as coisas da melhor forma possível. Eu tenho contrato. Essa é a perspetiva.»

Ricardo Jorge Castro / Parque Comendador Joaquim de Almeida Freitas, Moreira de Cónegos