Declarações do treinador do Famalicão, Ivo Vieira, na sala de imprensa do Parque Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, após a derrota por 3-0 ante o Moreirense, em jogo da 34.ª jornada da I Liga:

«Acho que houve eficácia do Moreirense. Tivemos algum controlo do jogo, mas foram nitidamente dois erros que puseram o resultado em causa, erros que não são normais na equipa, mas isso não apaga o trabalho, até então, destes atletas. Jogo menos conseguido, esta não é a imagem da nossa equipa. Queríamos mais. Hoje a felicidade esteve do lado do Moreirense, trabalhou para isso. Fez por isso. Nós não fomos competentes à dimensão de poder anular algumas situações. Um resultado que não espelha, na minha opinião, o que se passou. Vitória merecida do Moreirense, mas acho que merecíamos um pouco mais. Cometemos erros que não costumamos cometer.»

«Naquilo que foi a época, desde a minha chegada, o objetivo foi conseguido, até hoje havia outras possibilidades [ndr: Europa], mas não foi um alvo de forma desmedida. Temos de ser ponderados, dependíamos de terceiros. Era difícil, para isso acontecer teríamos de ganhar, não tivemos essa sorte.»

[Continuar no Famalicão?:] «Quando eu me sinto bem onde estou, quando tenho apoio dos que trabalham à minha volta, as coisas têm tudo para fazer-se de uma forma natural. Lido com pessoas verdadeiras, frontais, que dão um suporte para dar continuidade a um projeto como este, tentando ter outro tipo de resultados. Tendo consciência que os treinadores dependem de resultados – e estou preparado para isso – gostaria e tenho curiosidade, em Famalicão, no nosso estádio, de experimentar o calor e o ambiente que se pode no futuro sentir lá. Faz falta e um bem-haja para eles [ndr: adeptos] embora hoje não conseguimos dar o que eles mais desejam.»

Ricardo Jorge Castro / Parque Comendador Joaquim de Almeida Freitas, Moreira de Cónegos