Vasco Seabra, treinador do Paços de Ferreira, em declarações na sala de imprensa do Estádio Capital do Móvel, após a vitória (3-2) frente ao Moreirense:


«Foi uma vitória importante. Em determinados momentos tivemos pouco critério e pouco discernimento, fruto do nervosismo e da ansiedade. O campeonato está muito competitivo. Todas as equipas sentem que, nesta fase, todos os pontos são necessários para depois existirem condições mais favoráveis para crescer. Nos últimos cinco jogos para a Liga apenas perdemos na Luz. Queremos consolidar o processo de jogo para a equipa se sentir confortável. No início do jogo conseguimos, a espaços, fazer aquilo que nos identifica.»

«Na segunda parte a equipa sentiu algum peso pelo facto de querer guardar o resultado. O espirito coletivo e a união foram determinantes para conseguirmos o terceiro golo, mesmo depois de termos sido, por assim dizer, socados com o golo do empate.

Era importante chegar ao intervalo em vantagem. Queremos tanto ganhar que acabámos por cometer erros. Não gosto de culpar a equipa quando demonstra crença e união.

O Moreirense teve mérito. Conseguiu respondeu bem à desvantagem. Temos várias abordagens que estão relacionadas com a vontade de querer ganhar. Neste início de campeonato todos os pontos são importantes.»

 

Vítor Maia