A figura: Pedro Porro

Mereceu beber um penálti no fim. Foi o mais constante e o mais inconformado dos leões. Já na primeira parte foi ele a agitar o jogo, com a ajuda do compatriota Pablo Sarabia, e na segunda parte destacou-se ainda mais. Viu o poste negar-lhe um golo, mas depois, nos descontos, garantiu o triunfo de penálti. Outra vez.

O momento: minuto 90+4 (ou 90+8)

Irrepreensível ao longo de 94 minutos, Paulo Victor manchou a exibição com o penálti, justamente assinalado por ter socado Jovane na área. Foi expulso por acumulação de amarelos - sendo que o primeiro amarelo foi dado por “queimar” tempo -, e proporcionou que Porro fosse à marca de onze metros marcar o golo da vitória do Sporting, ao minuto 90+8.

Outros destaques:

Paulo Victor

Se não fosse o penálti, já devidamente mencionado, teria sido o melhor em campo. Fez quatro intervenções de grande nível, a travar Nuno Santos (2x), Sarabia e João Palhinha, mas os descontos foram muito amargos.

Pablo Sarabia

Os melhores momentos da primeira parte saíram do seu pé esquerdo: dois passes brilhantes a lançar Nuno Santos na área e um remate em nome próprio que Paulo Victor desviou por cima da barra. O problema é que Sarabia só apareceu no jogo a espaços, e a equipa bem precisou da sua clarividência para desequilibrar no último terço. Na segunda parte pouco se viu, e Rúben Amorim acabou por tirá-lo a vinte minutos do fim.

João Palhinha

Mais uma exibição a encher o campo. Percebe perfeitamente quando a equipa precisa que arrisque um pouco mais no plano ofensivo, e por isso conciliou os habituais cortes fulcrais com situações em que apareceu na área do Marítimo. No início da segunda parte viu Paulo Victor negar-lhe o golo.

Nuno Santos

Por norma é muito eficaz em frente à baliza, mas desta vez desperdiçou três ou quatro ocasiões para marcar, e isso podia ter saído caro à equipa. Amorim voltou a contar com ele para fazer o lugar de Vinagre quando este foi substituído por Tiago Tomás, e não seria de estranhar se, em breve, isso viesse a tornar-se uma opção inicial.

Nuno Travassos