Paulo Sérgio, treinador do Portimonense, em declarações na sala de imprensa após perder 1-0 no Dragão:

«Não levamos pontos para o Algarve e temos de dar os parabéns ao adversário. Tem jogadores com qualidade para fazer o que fez o Alex Telles [marcador do golo]. Olhando para a nossa equipa, estou satisfeito com a atitude, a organização e o empenho na forma como interpretou a estratégia. Não nos limitámos a defender, também criámos dificuldades ao FC Porto.»

[sobre o que encontrou em Portimão]

«O caminho é este. Apesar de termos apenas dez sessões de treinos, acreditámos na nossa missão e estou convicto de que na última jornada vamos deixar o Portimonense na Liga.»

[sobre o golo sofrido no fim]

«Não custa mais perder assim. O que custa é quando se perde e a equipa não trabalha, e isso não aconteceu. Não vou traumatizado por perder aos 87 minutos, a equipa respondeu ao que pedimos e isso deixa-me confiante para o futuro. Tenho de dar os parabéns aos meus jogadores pela atitude fantástica e pela qualidade que demonstraram com bola.»

[sobre o desgaste no FC Porto]

«Se me perguntarem se a fadiga no FC Porto se fez sentir, estou certo de que o Sérgio [Conceição] preferia ter tido sete dias de preparação para este jogo. Mas vi um adversário com dinâmicas. A minha equipa teve argumentos para contrariar isso.»

LEIA TAMBÉM: a Crónica do FC Porto-Portimonense