Declarações do treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, na sala de imprensa do Estádio João Cardoso, após a vitória por 2-0 ante o Tondela, em jogo da 26.ª jornada da I Liga:

[Mudanças na frente de ataque:] «A equipa teve um bom comportamento, fizemos um bom jogo. Eu precisava de gente com as características do Toni e do Evanilson para jogar este jogo. A verdade é que, perante a estratégia que tínhamos, escolhi o onze que achava que era aquele que me dava essas mesmas garantias, de trabalhar muito. Por isso, contente com eles, com a equipa. Fizemos um bom jogo no geral.»

«Vamos olhar jogo a jogo. Temos que correr atrás do prejuízo. Nós não podemos prever nada, porque no futebol tudo pode acontecer. O importante é nós acreditarmos naquilo que fazemos, naquilo que trabalhamos.»

[Poupar a pensar na Champions?:] «Hoje precisava destes jogadores em campo. De alas que explorassem muito bem aquilo que era o corredor central, esse espaço interior, esse espaço entrelinhas, como é o caso do Corona e do Otávio. Precisava de dois médios das características que jogaram, o Grujic e o Matheus Uribe, à frente da nossa linha defensiva. Os nossos laterais muito bem a partir de trás para a frente como foi planeado. Os nossos avançados sempre em constante movimento na frente. Por isso, eu escolhi onze jogadores para iniciar este jogo, não por terem mais ou menos minutos, não por estarem mais ou menos desgastados, mas que eu achava que era o melhor onze.»

[Relvado e exibição:] «Eu gostei do relvado apesar da chuva que caiu hoje. Estava em boas condições, na minha opinião. Não dificultou nada. Talvez sobre o corredor oposto aos bancos um bocadinho mais difícil, mas não foi por aí que nós jogámos mais ou menos, ou que o Tondela teve mais ou menos dificuldade. Fizemos um bom jogo e criámos imensas oportunidades. Foi um jogo consistente da nossa parte, num campo difícil. Não podemos esquecer que em 28 pontos, 23 foram conquistados aqui em Tondela por esta equipa.»

Rafael Santos / Estádio João Cardoso, Tondela