Ruben Amorim, treinador do Sporting explicou na conferência de imprensa o porquê de ter sido Porro a bater o penálti que deu a vitória frente ao Estoril, apesar de Jovane, habitual marcador, estar em campo

«Em relação ao penálti, quem falha troca. Eles querem todos marcar, eu confio em todos e aquilo é um bocado uma competição entre eles. O Nuno [Santos] falhou no ano passado, saiu; o Jovane era o nosso marcador, falhou, saiu; O Pote lesionou-se, saiu. Eles estavam todos a gritar para o campo, o Jovane também precisava de marcar, mas o combinado é assim. Calha a todos e falha, troca.»

Adérito Esteves / Estádio António Coimbra da Mota, Estoril