Na conferência de imprensa de análise ao empate caseiro com o Benfica, Jorge Jesus foi questionado sobre o motivo pelo qual ainda não foi desta que surgiu um cumprimento a Rui Vitória.

«O futebol é futebol. Todos temos de evoluir. Eu, enquanto treinador, e vocês, como agentes do futebol. Isso interessa para alguma coisa? Siga em frente», atirou o treinador do Sporting.

Pouco depois Jesus foi questionado se esse cumprimento a Rui Vitória não teria passado uma imagem importante, num dia manchado pela morte de um adepto.

«A pacificação tem de ser feita por todos os intervenientes do jogo, e não só. Também ao nível de da comunicação. Não é por cumprimentar um treinador que isso vai trazer pacificação ao futebol», reforçou.

Nuno Travassos