O futuro de Luís Castro na Cidade Berço é incerto. Na última semana, antes do jogo com o Desportivo das Aves, Luís Castro disse ser um treinador «desiludido», dando a entender que a sua continuidade no Vitória poderia não ser uma realidade na próxima temporada.

No final do jogo com os avenses o treinador referiu ter sido mal interpretado e esta quinta-feira o presidente do clube, Júlio Mendes, refere em declarações à imprensa desportiva que o projeto de Luís Castro no Vitória não está esgotado. Questionado sobre esse tema o treinador manifestou o desejo de cumprir o contrato, que apenas termina em 2020.   

«Sempre estive, ao longo da época, muito focado no Vitória. Desde o primeiro dia trabalhei com entusiasmo e dedicação. O presidente disse o que é um facto, que tenho contrato por mais uma época. Trabalho de forma intensa e muito empenhada para colocar o Vitória na rota europeia. Tenho mais um ano de contrato, espero cumprir o contrato e ter o melhor desempenho possível na liderança do Vitória», atirou.

O V. Guimarães ocupa o sexto lugar, está a quatro pontos do Moreirense na luta pelo último lugar de acesso Às competições europeias.