Sandro, treinador do V. Setúbal, em declarações na conferência de imprensa que se seguiu ao empate 0-0 com o Portimonense, em casa, neste domingo.

«Era importante pontuar. Nos últimos dois jogos, em seis pontos conseguimos quatro. Trabalhámos para conseguir os seis. Mais uma vez, os jogadores deram tudo o que tinham.  Nos primeiros 15 podíamos ter feito algo mais, não conseguimos.

Mas foi um jogo sem muitas oportunidades e na parte final faltou-nos tranquilidade para fazer melhores escolhas e talvez podermos chegar ao golo. Mas reforço que não tenho nada a apontar a estes jogadores, que quiseram ganhar. E uma vez mais, mantivemos a nossa baliza a zero.»

[equipa sofre poucos golos, mas marca poucos também]

«Não sofremos golos, mas os avançados também defendem muito. Falta-nos fazer golo, sim. Nós trabalhamos muito, mas se fosse fácil fazer golos, os jogos acabavam 10-10. Não é fácil. Falta-nos tranquilidade no último terço. Tentámos jogar por fora e por dentro, mas falta-nos sempre qualquer coisa e é desse qualquer coisa que temos de ir à procura.»

Adérito Esteves / Estádio do Bonfim, Setúbal