O Everton venceu esta sexta-feira o Monaco, por 1-0, num duelo particular de pré-época entre treinadores portugueses. Marco Silva levou a melhor sobre o compatriota Leonardo Jardim, em Bagnes, na Suíça.

O único golo surgiu aos 73 minutos, pelo irlandês Seamus Coleman, com um ligeiro desvio de cabeça numa disputa aérea com o guarda-redes Benaglio, após uma tentativa de remate de Niasse que ganhou altura até à pequena área.

O jogo ficou marcado por uma grande penalidade desperdiçada pelo português Rony Lopes, do Monaco, na primeira parte: o guardião Stekelenburg defendeu e manteve, então, o 0-0 no marcador.

Além de Rony Lopes, Gelson Martins e Gil Dias foram titulares no Monaco e Amílcar Silva foi suplente não utilizado. No Everton, André Gomes foi titular.