Diogo Jota e Raúl Jiménez chegaram a estar em lados opostos da barricada, quando em 2016/17 um vestia a camisola do FC Porto e outro defendia as cores do Benfica.

Na época passada, o mexicano mudou-se para o Wolverhampton e passou a formar muitas vezes dupla com o português na frente de ataque da equipa de Nuno Espírito Santo, que agora deixou elogios ao entendimento que os dois jogadores têm demonstrado, com especial destaque para o jogo a meio da semana diante do Torino para a Liga Europa, no qual Jiménez e Jota faturaram.

Mais sobre futebol inglês

«Sabemos que eles ainda têm coisas para melhorar, mas o conhecimento que têm um do outro, a cumplicidade entre eles quando jogam juntos é fantástica e às vezes é apenas química», apontou o treinador português na antevisão ao encontro com o Burnley, agendado para este domingo.