Depois de ter dito em entrevista que seria campeão em Portugal e terminaria o campeonato inglês nos seis primeiros com a equipa que tem no Flamengo, Jorge Jesus não ficou sem resposta.

Carlos Alberto, antigo jogador que se sagrou campeão europeu pelo FC Porto de José Mourinho, discordou do treinador português e falou em contextos incomparáveis durante o Jogo Sagrad, programa da Fox Sports Brasil.

«Na minha opinião, o Flamengo a jogar em Portugal não ganha. A jogar em Espanha não ganha. O Real Madrid vem jogar ao Brasil, não ganha. Real Madrid e Barcelona não chegam nem nos seis no primeiro ano. Vai ver o que eu estou a falar. A jogar no Brasil e a morar aqui? Traz o Barcelona para morar no Rio de Janeiro e o Real Madrid para Manaus. (...) Leva o Flamengo para Leixões, para Leiria...», disse.

Com o debate a subir de tom, Carlos Alberto referiu o que seria preciso à equipa de Jorge Jesus para ser bem sucedida em Portugal: tempo. «No campeonato português, vai dois anos morar lá e ganha no terceiro. Vai demorar três anos para ganhar. Se houver planeamento, ganha no terceiro ano. (...) Sem estrutura não ganha em Portugal. Eu joguei em Portugal e é difícil.»

 

Ora, todos concordaram que estavam a traçar um cenário hipotético e Carlos Alberto rematou. «Se o meu avô usasse saia, seria a minha avó.»

Ora, as declarações de Jesus na referida entrevista não foram objeto de análise apenas neste programa. Richarlison, avançado brasileiro do Everton de Marco Silva, recorreu a um gif de Balotelli a engasgar-se com um sumo como uma espécie de reação à possibilidade de o Flamengo lutar pelos seis primeiros lugares na Premier League.