O selecionador nacional português, Paulo Jorge Pereira, já falou por inúmeras vezes da brutal diferença entre a realidade do andebol português em comparação com, por exemplo, a Noruega.

É que se em Portugal existem cerca de 40 mil atletas inscritos na Federação, na Noruega são mais de… 400 mil os jogadores de andebol em todos os escalões.

Neste domingo, minutos depois de o jogo entre a Noruega e a Suécia ter terminado, um dos palcos do Europeu foi tomado de assalto por… um miúdo de dois anos e meio.

Tobias Reinkind, filho do internacional norueguês Harald Reinkind, pegou numa pequena bola de andebol e desafiou o pai para uma peladinha.

Com o pai à baliza, o pequeno Tobias mostrou que apesar da tenra idade, já tem jeito para a coisa. E insistiu…

Já depois de o pai ter saído do campo, Tobias voltou a chamá-lo para a baliza para continuar o seu treino de final de dia, com os adeptos presentes a aplaudirem cada golo do pequeno jogador.

Crianças a praticar a modalidade quase desde o berço não será um dos segredos para o sucesso?

A Noruega, que venceu os cinco jogos que disputou neste europeu até ao momento, até tem exemplos disso mesmo na equipa, como Sagosen, cuja história o Maisfutebol já contou.

Pelo sim, pelo não, vá por nós e decore o nome: Tobias Reinkind.

Veja o momento captado pelo nosso jornal no vídeo abaixo:

Adérito Esteves / enviado especial a Malmo, Suécia