Uma semana depois de ter sofrido uma derrota pesada em França (33-19), o FC Porto voltou a perder de forma clara diante do PSG, agora por 39-30.

Num jogo em que a equipa da Magnus Andersson correu sempre atrás do resultado – ao intervalo perdia por 23-15 -, a vitória do gigante gaulês nunca esteve em causa, apesar de alguns bons momentos dos portistas.

Diante de uma das equipas mais fortes do mundo - com um orçamento de cerca de 18 milhões de euros -, o FC Porto falhou demasiado no ataque e nunca conseguiu travar defensivamente os jogadores do PSG.

O pivô Kamil Syprzak, com nove golos, foi o melhor marcador do encontro, enquanto Pedro Cruz e Sliskovic marcaram ambos cinco e foram os melhores dos dragões.

Este resultado mantém os dragões no sétimo lugar do grupo, à frente apenas do Din. Bucareste e com menos um ponto do que o Motor Zaporozhye, com quem deve discutir a vaga na próxima fase da prova.

O próximo jogo do FC Porto será na quinta-feira, em Barcelona.