[NOTÍCIA ACTUALIZADA ÀS 17h40]

«A maior manifestação de sempre em Lisboa». A revelação é do secretário-geral da CGTP que aponta para mais de 200 mil trabalhadores nas ruas da capital.

Para Carvalho da Silva, este protesto é um «sinal de grande esforço» dos trabalhadores e quer dizer que «somos todos um conjunto e estamos juntos nesta luta».

Veja o discurso do líder da CGTP

Aos jornalistas, no fim do seu discurso na praça dos Restauradores, Carvalho da Silva frisou que o «país merece melhor» e que este «Governo só tem aumentado o desemprego, a precariedade e a promiscuidade entre as políticas sociais e económicas: Sócrates conseguiu o feito de pôr Portugal a divergir seis anos da União Europeia»».

Com as ruas pintadas de vermelho e branco pelas bandeiras da Frente Comum e do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (SPAL), Carvalho da Silva disse esperar que as reivindicações dos manifestantes passem a fazer parte da agenda política.

«Prometeram mais emprego, mas o que aconteceu foi um maior empobrecimento dos portugueses. As pessoas são tratadas como coisas sem valor», denunciou Carvalho da Silva.

Imagens aéreas da manifestação em Lisboa

Vídeo do início do megaprotesto

É a primeira manifestação nacional promovida pela CGTP este ano e engloba trabalhadores do sector público e privado de todo o país.

Debaixo do lema, «Mudar de Rumo, Mais emprego, Salários e Direitos», os manifestantes empunham ainda os seus próprios cartazes com frases como «Governo não cumpriu, Governo mentiu».
Lara C. Fernandes