Depois de uma valorização acima de 9% na última sessão, as acções da Corticeira Amorim somam 5,17% para os 1,22 euros, depois de ter fixado novo máximo desde Setembro de 2004 nos 1,24 euros. Continuam a ser impulsionadas pelo facto de ser apontado como um dos títulos com maior potencial de crescimento no valor em bolsa. A empresa também anunciou uma joint-venture na China, um mercado de difícil entrada, mas de grande potencial de crescimento.

A penalizar o principal índice nacional está o Banco Comercial Português (BCP). Os títulos da instituição liderada por Jardim Gonçalves caem 1% para os 1,98 euros. Pelo contrário, a Energias de Portugal (EDP) ganha 0,44% para os 2,28 euros, assim como a Portugal Telecom (PT), que soma 0,44% para os 9,10 euros.

A Jerónimo Martins apresentou, depois do fecho do mercado de ontem, as vendas preliminares de 2004. Registaram um crescimento de perto de 4% para os 3,5 mil milhões de euros, números que vieram animar o título, que sobe 0,9% para os 10,11 euros, depois de fixar novo máximo desde Janeiro de 2004 nos 10,13 euros.

Também a Sonae divulgou os números relativos ao Brasil. A facturação cresceu 15% ao longo do ano passado. Já as acções da Sonae SGPS seguem estáveis nos 1,10 euros, enquanto que a Sonaecom ainda está sob efeitos de mais-valias, estando a perder 0,52% para os 3,85 euros.

As principais praças europeias acabaram por ceder às perdas, ainda que tenham iniciado a sessão em terreno positivo. As expectativas dos investidores vão para os resultados de gigantes europeias e norte-americanas como a Carrefour e a Intel. O índice alemão DAX perde 0,9%, o índice londrino FTSE recua 0,31%, o índice francês CAC desce 0,55% e o índice espanhol IBEX desvaloriza 0,45%.

Os mercados asiáticos terminaram a sessão desta terça-feira em terreno misto. O índice Nikkei de Tóquio fechou a ganhar 0,93%, enquanto que o índice Hang Seng, de Hong Kong, perdeu 0,16%.

Por seu lado, os mercados norte-americanos terminaram a sessão de segunda-feira em alta. O índice Dow Jones ganhou 0,16% e o índice Nasdaq somou 0,01%.
Sandra Pedro