Os preços do petróleo seguem nesta tarde de sexta-feira a valorizar nos mercados internacionais.

A matéria-prima está a ser impulsionado pela desvalorização do dólar. Foi anunciado há pouco que em Fevereiro, nos Estados Unidos se perderam 651 mil postos de trabalho e que a taxa de desemprego atingiu o valor mais elevado dos últimos 25 anos.

Note-se que a procura da matéria-prima aumenta com a queda do dólar, uma vez que os contratos ficam mais baratos para os investidores portadores de outras divisas.

Simultaneamente, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), responsável por 40 por cento da produção de crude no Mundo, tem uma reunião agendada para o próximo dia 15. O mercado estima que o cartel corte a produção de crude para estabilizar os preços.

Neste momento, em Londres, o Brent do Mar do Norte está a avançar 0,03 dólares para 43,67 por cada barril.

Em Nova Iorque, o crude soma 71 cêntimos e cada barril vale 44,32 dólares.
Lara C. Fernandes