O petróleo segue nesta tarde de quinta-feira a valorizar nos mercados internacionais.

A animar as cotações do petróleo nesta sessão estão as expectativas de um corte de produção por parte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP.

O cartel vai estar reunido no Domingo, dia 15 e vai tomar medidas numa tentativa de evitar que os preços do «ouro negro» continuem a descer.

De acordo com o presidente da OPE, Chakib Khelil, «haverá um debate sobre a oportunidade de uma redução».

O mesmo responsável adiantou que «um consenso, que se vai desenvolver, vai permitir assegurar a estabilidade do mercado e trazer o preço do barril de volta aos 75 dólares».

Neste momento, em Londres, o Brent do Mar do Norte, que serve de referência às importações portuguesas está a avançar 85 cêntimos para 43,40 dólares por cada barril.

Em Nova Iorque, o crude de referência está a somar 1,32 dólares para 43,65 por cada barril.