«Com o 5% Crescimento Real conjugamos uma aplicação de curto prazo, com uma de médio, beneficiando o investidor de uma rentabilidade global atractiva de 5% de taxa anual no depósito a prazo e, uma valorização real anual de 1% acima da inflação, no final do prazo, no seguro de investimento», refere Francisco Valério, Administrador Executivo da Eurovida, em comunicado.

O 5% Crescimento Real pode ser subscrito a partir de um mínimo de 1.500 euros, em regime de subscrição limitada.
Sandra Pedro