O potencial de valorização das acções da EDP passa a ser de 12,8% face à actual cotação nos 2,26 euros.

Esta revisão acontece na sequência do anúncio de aumento de capital de 1.200 milhões de euros com vista ao financiamento da posição da eléctrica na espanhola Cantábrico.

«No curto prazo, a EDP pode estar sujeita a uma pressão e volatilidade significativa, devido ao aumento de capital. Como resultado estamos a adoptar uma abordagem mais cautelosa para o título», afirma o BPI investimento em nota de research.

Ainda assim, «de um ponto de vista fundamental a nossa visão da acção oferece um upside potencial e boas oportunidades para comprar nesta altura de fraqueza».