Shapovalov e Pospisil fizeram história e colocaram, esta quinta-feira, o Canadá nas meias-finais da Taça Davis. Os canadianos venceram a dupla John Peers/Jordan Thompson por duplo 6-4. Os dois jogadores carimbaram a vitória, por 2-1, depois de terem também jogado os jogos individuais.

Quanto aos restantes jogos foi o Canadá que entrou melhor com Vasek Pospisil, número 150 do ranking ATP, a vencer por 7-6 e 6-4 o número 48 mundial John Millman. Nota para o primeiro set que foi decidido num tie break com nove mini breaks.

De seguida, Shapovalov entrou galvanizado e no primeiro set, do segundo jogo de individuais, venceu De Minaur por uns esclarecedores 6-3. O jogo parecia correr de feição aos canadianos, mas o break no primeiro jogo de serviço de Shapovalov, no segundo set, fez com que De Minaur voltasse à partida e vencesse por 6-3.

No terceiro set De Minaur ainda carimbou a reviravolta por 7-5 depois de um break de serviço quando estava 5-5. Quem não se conteve foi Nick Kyrgios, poupado pelo selecionador, que saltou do banco para o court central da Caja Mágica.  

O Canadá, que apenas tinha chegado por duas vezes às «meias» (1913 e 2013),  volta a jogar no sábado com o vencedor do Sérvia-Rússia.

João Guilherme Ferreira / Enviado-especial a Madrid