O treinador do Moreirense, João Henriques, em declarações na conferência de imprensa após a derrota frente ao Sporting (1-0), em jogo da nona jornada da Liga:

Fizemos aqui um grande jogo e podíamos ter levado mais do que levamos. Esse sentimento está bem patente no balneário. Entrámos muito bem no jogo, fomos criando dificuldades ao Sporting e depois sofremos um golo num lance que é um dos pontos fortes do adversário. Não virámos a cara à luta e tentámos discutir o resultado até ao fim. É preciso uma grande personalidade, estar perante 35 mil espectadores da equipa adversário e fazer o que fizemos. Fizemos coisas muito boas e isso deixa-me orgulhoso e muito confiante para o futuro. Estes sete pontos que temos agora não revelam do que têm sido as exibições da equipa, isso deixa-nos tristes e frustrados. Viemos de autocarro até ao estádio, depois estacionou e depois fomos fazer um jogo de futebol.

«O que tem faltado à equipa?] Criamos muitas situações para finalizar, mas temos sofrido no detalhe alguns golos penalizadores. Mas a equipa está a evoluir, está melhor. Já vimos o que conseguimos fazer. Os pontos é que ditam a tabela, mas confiamos muito no nosso trabalho, temos estado a um nível altíssimo. Frente a Benfica, Sp. Braga e Sporting ficou algo por conquistar.

Queremos agora ganhar ao Paços para dar credibilidade ao rendimento da equipa. Queremos chegar à primeira metade da tabela, ainda falta muito campeonato. Sobrevivemos esta primeira fase do calendário com distinção, só faltaram mais pontos.

[Rodrigo Conceição] O Rodrigo chega ao Moreirense com jogos para cumprir de castigo. Depois foi expulso nos Açores. Foi difícil para ele. Agora está a evoluir. Isso dá-nos uma tremenda segurança ter jogadores jovens com este rendimento. Ele está a trilhar um caminho na Liga, não tenho dúvidas de que vai crescer.»

Rafael Vaz / Estádio de Alvalade, Lisboa