O Autódromo Internacional do Algarve viu renovada a homologação máxima de Grau 1 pela Federação Internacional Automóvel (FIA), o que lhe permite estar habilitado a receber a Fórmula 1.

O anúncio foi feito pelo circuito algarvio no Facebook oficial. “O Autódromo Internacional do Algarve obteve hoje, por parte da Federação Internacional do Automóvel (FIA), homologação máxima, Grau 1”.

“É com enorme orgulho que recebemos o grau máximo, que nos possibilita receber corridas do Grande Prémio de F1”, acrescentou.

O grau 1 é o nível mais elevado na homologação para circuitos automobilísticos concedido pela FIA, sendo uma condição essencial para que possam receber Grandes Prémios de Fórmula 1.

A última vez que a Fórmula 1 passou por Portugal foi em 1996, no Circuito do Estoril, então ganho por Jacques Villeneuve (Williams).

Grande Prémio de Portugal: ainda se lembra como era?

Atualmente o regresso da Fórmula 1 a Portugal não passa de uma mera miragem. Era preciso pagar uma caução que ultrapassa os 30 milhões de euros (Baku, no Azerbaijão, paga 46 milhões de euros/ano para receber o Grande Prémio da Europa) para fazer regressar o Mundial de Fórmula 1 a Portugal.

Tanto o Circuito do Estoril como o Autódromo do Algarve estão habilitados para receber a Fórmula 1, embora no primeiro fossem necessárias obras profundas, atendendo à sua antiguidade.