Os norte-americanos Tyler, The Creator, Beck, Lana Del Rey, o britânico King Krule e o porto-riquenho Bad Bunny estão entre os artistas confirmados na edição deste ano do festival Primavera Sound no Porto, anunciou esta terça-feira a organização.

O cartaz da 9.ª edição do festival, que decorre de 11 a 13 de junho no Parque da Cidade, é, segundo a promotora num comunicado hoje divulgado, “uma lista ambiciosa de nomes que juntam diferentes gerações e unem mais estilos musicais do que nunca”, que tem como cabeças de cartaz Tyler, The Creator, Lana Del Rey, Pavement, Beck, Bad Bunny e King Krule.

A presença dos Pavement tinha sido anunciada no ano passado, na conferência de imprensa de balanço da 8.ª edição.

Como o festival “não faria sentido sem os artistas que nos fizeram chegar até aqui”, irão atuar também na 9.ª edição Kim Gordon, Dinosaur Jr., Jawbox, Richard Dawson e os Shellac, que estarão no NOS Primavera Sound pelo nono ano consecutivo, Chromatics (cujo vocalista, Johnny Jewel irá também atuar com o seu projeto Desire), Cigarettes After Sex, DIIV, Jehnny Beth e OM.

Estão garantidas também as atuações de Koffee, Georgia, Paloma Mami, Khruangbin, Penelope Isles María José Llergo, Rolling Blackouts Coastal Fever, black midi e Derby Motoreta's Burrito Kachimba.

O cartaz do evento inclui ainda, além de Tyler, The Creator e Bad Bunny, Earl Sweatshirt, Little Simz, Sampa The Great, Jamila Woods, C. Tangana, Yung Beef, Bad Gyal, DJ Playero, para além da estreia da união entre Florentino, Kelman Duran e DJ Python, de seu nome Sangre Nueva.

A música portuguesa está representada no Primavera Sound por Montanhas Azuis, Throes + The Shine, Holy Nothing, Chico da Tina, David Bruno, DJ Firmeza, MVRIA e Arrogance Arrogance.

O cartaz da 9.ª edição inclui ainda: Arnaldo Antunes,Caroline Polachek, Rina Sawayama, Mura Masa, Pabllo Vittar, Weyes Blood, Maggie Rogers, Avalon Emerson, Special Request aka Paul Woolford, DJ Josey Rebelle, Octo Octa, Eris Drew Park Hye Jin e DJ Marcelle / Another Nice Mess.

Os passes para os três dias de festival custam 120 euros. Há também ‘vouchers’ de um dia, com um custo de 60 euros, que “devem ser trocados, obrigatoriamente, na app DICE”.