Separados por 500 camarotes, espalhados estrategicamente num recinto ao ar livre com cerca de 45.000 metros quadrados. Foi assim que 2.500 pessoas assistiram ao primeiro concerto depois do confinamento, no âmbito da pandemia de Covid-19, no Reino Unido.

O palco da Virgin Money Unity Arena, no parque de Gosforth, em Newcastle, foi estreado por Sam Fender e os bilhetes voaram numa questão de minutos.

Segundo noticia a BBC, as plataformas estavam separadas por dois metros e tinham uma lotação até cinco pessoas, para assegurar o distanciamento social e reduzir o risco de infeção.

O porta-voz da organização, Steve Davis, garante que é possível ter "uma ótima visão do palco" , a partir de qualquer plataforma.

Numa altura normal conseguimos colocar neste recinto 45.000 pessoas, mas a nossa capacidade para estes espetáculos será de 2.500", explicou Steve Davis.

Sem sair do camarote, os espectadores conseguiam pré-encomendar comida e bebida, para evitar filas. Para entrar e sair, o recinto funcionava com um sistema de sentido único 

Este não é o primeiro concerto a realizar-se nestas condições: Maximo Park, The Libertines and Van Morrison serão os próximos a atuar em agosto e setembro.

A Virgin Money Unity Arena é uma parceria entre os promotores do festival This Is Tomorrow, a SSD Concerts e a Virgin Money.  Com esta solução, a organização pretende que "as pessoas em cada plataforma, dentro das suas bolhas, se divirtam".

Rafaela Laja